domingo, 16 de junho de 2013

Williams 35 anos - Capítulo XXVI



Heinz Harald Frentzen acabou com um estigma na imprensa alemã como o rival do Schumacher.Eles foram criados juntos no programa de jovens talentos da Mercedes, e os dois eram amigos, até Schumacher roubar a namorada de Frentzen, Corinna. Daí a guerra foi declarada e imprensa alemã tratou de esquentar mais essa rivalidade. Schumahcer mesmo sendo bicampeão mundial, ainda tinha alguns focos de resistência na Alemanha, e esses focos acreditavam que quando Frentzen tivesse um carro de ponta bateria Schumacher. A grande chance de Frentzen tinha chegado.


Damon Hill e Frank Williams divergiam sobre valores da renovação do contrato,Hill queria um aumento considerável, mas Frank não cedia esse valor, graças a sua filosofia de que carros são mais importantes que pilotos.Hill então saiu e sem muitas opções livres, assinou com a Arrows. E Frank resolveu fazer a aposta naquele alemão "anti-schumacher". Frentzen não vinha inicialmente pra ser campeão, Frank acreditava que Jacques Villeneuve tinha esse potencial. O alemão vinha exatamente pra tirar pontos do Schumacher.


Adrian Newey tinha projetado o FW19 e manter a hegemonia de carros vencedores. Mas na estréia do carro em Melbourne, Villeneuve e Frentzen não completam a corrida. Em Interlagos, Jacques vence e Frentzen fica em nono. Em Buenos Aires, Jacques Villeneuve vence de novo e Frentzen não completa a corrida mais uma vez. Em ìmola, Frentzen consegue sua primeira vitória e vence o seu primeiro duelo com Schumacher.Em Monte Carlo, os dois carros da Williams abandonam. E em Barcelona, Jacques vence novamente e Frentzen fica em oitavo.As atuações de Frentzen começavam a ser contestadas,já que até agora ele só atrapalhou Schumacher uma vez apenas,em Ímola.

Frentzen fica em quarto em Montreal e Villeneuve abandona. Em Magny Cours, Frentzen não consegue passar Schumacher e fica em segundo.Villeneuve fica em quarto.Na metade da temporada, Schumacher estava com 14 pontos de vantagem pra Villeneuve e parecia que o Alemão iria tirar a Ferrari da fila. Mas ai viria a reação de Villeneuve.


Já em Silverstone Jacques venceu enquanto Frentzen nem largou ,por causa de problemas no carro. Em Hockenheim, Villeneuve e Frentzen não completaram a corrida.A Ferrari estava na frente com Schumacher nos pilotos e nos construtores também.Em Hungaroring, Villeneuve ganha um vitória de bandeja após uma atuação incrível de Hill com uma Arrows, que acaba com problemas na última volta.En Spa, Frentzen fica em terceiro e Villeneuve em quinto;A diferença aumenta pra doze pontos faltando cinco corridas.O tri de Schumacher estava ficando muito próximo.Em Monza mais um terceiro e quinto lugar de Frentzen e Villeneuve. A Diferença era de 11 pontos em quatro corridas.



Em Zeltweg, Villeneuve vence com Frentzen em terceiro.Com o sexto de Schumacher, a diferença cai pra dois pontos. A esperança da Williams se reacende. A Williams passa a Ferrari nos construtores.Em Nurburgring, Villeneuve vence outra com Frentzen em terceiro.Com o abandono de Schumacher, agora Villeneuve toma a dianteira em um momento crucial do campeonato faltando duas etapas pro fim. Em Suzuka,Schumacher vence e com a desqualificação do Villeneuve,que terminou em quinto, o campeonato seria decidido em Jerez.

Villeneuve e Schumacher empataram em numero de pontos. Jerez era a última prova.Na disputa pela pole o equilíbrio era tanto, que Frentzen,Villeneuve e Schumacher fizeram extramente o mesmo tempo.O critério foi quem fez a volta rápida primeiro, com Villeneuve em primeiro,Schumacher em segundo e Frentzen em terceiro.E Frank Williams resolveu se precaver de algum ataque de Schumacher e se aliou a McLaren na última corrida pra evitar a vitória do Alemão em Jerez. Schumacher conseguiu tomar a liderança,mas aos poucos Villeneuve tirava a diferença volta por volta.Até que na volta 48, Jacques tenta a ultrapassagem e o alemão fecha a porta em mais uma manobra duvidosa.Mas nessa o alemão acaba se dando mal e abandona. Jacques continua na liderança. Mas logo depois cede posições a dupla da McLaren,Coulthard e Hakkinen,o vencedor da prova, como forma de agradecer a ajuda do time inglês contra a equipe italiana. A Williams era novamente campeã de pilotos e construtores. Jacques deu ao nome Villeneuve o que lhe sempre foi de direito: Um título de campeão mundial.


Schumacher ainda foi punido com a perda de todos os pontos da temporada e Frentzen foi o vice campeão.A Williams em 1997 teve oito vitórias,11 poles e oito voltas rápidas.A hegemonia estava mantida,mas a Williams teria que enfrentar graves perdas pra a próxima temporada...

3 comentários:

Anônimo disse...

1997, uma das melhores temporadas de minha vida!!!

Essa Williams era magnífica!

Vick

Paulo Maeda™ disse...

Lembro bem dessa ultima prova em Jerez, eu dei tanta risada qdo o Schumarcher teve q abandonar.
Lembro tb dessa quase vitória do Hill com um carro péssimo dos péssimos. E dessa "tripla pole" tb.

speed.king.thrasher disse...

Esse foi o 1° ano q assisti a toda a temporada d F1... pasme tinha 7 anos.

Vo dizer q torcia pro Schumacher, ushausahusa...

Pena o Frentzen ter ficado só na promessa, essa briga a 3 ia ser épica.

Postar um comentário

  ©GP Séries - GO Williams GO! - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo